Today took place at the Plenary Assembly of CALRE the award ceremony of the “Stars of Europe”, which aims to bring out and acknowledge the best practices and initiatives adopted by the European Regional Assemblies that are members of this Conference. This year, there are four Parliaments winning the CALRE Awards and that, therefore, saw their projects being recognised.
The voting of the ten applications, presented in 2018, took place at the second meeting of the Standing Committee carried out last June in Brussels, being distinguished, both with the 1st Place, the project of the Parliament of the Canary Islands “I Regional School Discussion Competition” and the project of the Parliament of the Wallonia-Brussels Federation/French-speaking Community “Citizen Participation Project”.
The 2nd Place is awarded to the project of the Parliament of Castilla y Léon “Castilla y León, Land to Welcome”, and the 3rd Place to the Parliament of the Canary Islands for the project “Work Methodology for the Realization of the Mixed Movements of Populations and Human Rights Report”.

Horta, 21st November 2018


Entrega de prémios aos quatro vencedores do concurso da CALRE “Estrelas da Europa”

Decorreu hoje na Assembleia Plenária da CALRE a entrega dos Prémios “Estrelas da Europa”, que visa destacar e reconhecer as melhores práticas e iniciativas adotadas pelas Assembleias Regionais Europeias que integram esta Conferência. Este ano, foram quatro os Parlamentos vencedores dos Prémios da CALRE e que, dessa forma, viram os seus projetos reconhecidos.
A votação das dez candidaturas, apresentadas em 2018, decorreu na segunda reunião da Comissão Permanente realizada no passado mês de junho em Bruxelas, sendo distinguidos, ambos com o 1º Prémio, o projeto do Parlamento das Canárias “I Concurso Regional de Debate Escolar” e o projeto do Parlamento da Federação Valónia-Bruxelas/ Comunidade Francesa da Bélgica “Projeto de Participação Cidadã”.
Foi atribuído o 2º lugar ao projeto do Parlamento de Castela e Leão “Castela e Leão, Terra de Acolhimento”, e o 3º lugar ao Parlamento das Canárias para o projeto “Metodologia de Trabalho para a Realização do Relatório sobre Movimentos Mistos de População e Direitos Humanos”.

Horta, 21 de novembro de 2018