The Conference of European Regional Legislative Assemblies (CALRE) celebrated World Environment Day with an initiative launched to its Assemblies and Parliaments and which consisted of planting a tree or plant in the gardens of their buildings with a plate of CALRE or other environmental initiative they found relevant and more suitable to each region.

The World Environment Day is an annual event which aims at encouraging awareness and positive action for the protection of our environment and warning the populations and governments on the need to save the environment. Its celebration began in 1972 and the day 5 June was chosen because it marks the beginning of the United Nations Conference on environment.

Ana Luís, President of CALRE and of the Azorean Parliament, accompanied by students of the 3th grade of Escola Básica e Integrada da Horta, a local school, planted an Azorean endemic tree in the gardens of the Azorean Parliament, in the afternoon of 5 June, thus contributing, even though with a small gesture, so that younger people understand the responsibility they have in taking care of the planet and in becoming agents of change.

The photos of the event are available at CALRE’s Facebook


A Conferência das Assembleias Legislativas Regionais Europeias (CALRE) assinalou o Dia Mundial do Ambiente com uma iniciativa lançada às Assembleias e aos Parlamentos que a integram e que consistiu na plantação de uma árvore ou planta nos jardins dos seus espaços, com a colocação de uma placa alusiva à CALRE, ou outra iniciativa ambiental que considerassem relevante e mais adequada à sua realidade regional.

O Dia Mundial do Ambiente é um evento anual que tem como objetivo assinalar ações positivas de proteção e preservação do ambiente e alertar as populações e os governos para a necessidade de salvar o ambiente. A sua celebração teve início em 1972 e o dia 5 de junho foi escolhido uma vez que marca o início da Conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente.

Ana Luís, Presidente da CALRE e do Parlamento Açoriano, acompanhada por uma turma do 3.º ano da Escola Básica e Integrada da Horta, plantou uma árvore endémica dos Açores nos jardins do Parlamento Açoriano, na tarde do dia 5 de junho, contribuindo, deste modo, ainda que com um pequeno gesto, para que os mais jovens percebam a responsabilidade que têm em cuidar do planeta e a necessidade de se tornarem agentes da mudança.

O testemunho fotográfico desta atividade está registado na página do Facebook da CALRE