The President of the Conference of European Regional Legislative Assemblies (CALRE), Ana Luís, met with the President of the European Parliament, Antonio Tajani, today, in Strasbourg.

In this meeting, Ana Luís presented the top priorities for her term, which include the strengthening of the relationships between CALRE and the European Parliament and other European institutions, and underlined that CALRE differs from other regional cooperation bodies in that it gathers 74 regional parliaments with legislative powers, whose regions have similarities or proximity at their political statutes level.

Reiterating the relevance of the role of the regions, which have a better knowledge of their territories and of the needs of their peoples, in the process of European construction, the President of CALRE also defended the importance of direct communication between the regional Parliaments and their national Parliaments and reaffirmed the importance and CALRE’s interest in the Task Force of the European Commission on Subsidiarity and Proportionality.

Ana Luís also expressed CALRE’s concern regarding the future of Cohesion Policy and defended that, on preparation of the EU’s Budget for the post 2020, the reduction in the Cohesion Policy budget is not acceptable since this policy is essential for the harmonious development of the European Union.

Tomorrow, Ana Luís will chair the first meeting of CALRE’s Standing Committee, whose agenda includes the Activity Plan of the Conference and the Working Groups for 2018 and the Reflection on the future of CALRE. The meeting will be attended by the Secretary General of the Committee of the Regions, Jiří Buriánek, who will make a statement on the Task Force of the European Commission on Subsidiarity and Proportionality.

Strasbourg, 14 March 2018



Ana Luís reúne com o Presidente do Parlamento Europeu

A Presidente da Conferência das Assembleias Legislativas Regionais da União Europeia (CALRE), Ana Luís, reuniu hoje, em Estrasburgo, com o Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani.

Neste encontro, Ana Luís apresentou as principais prioridades a desenvolver durante o seu mandato, que passam pelo estreitamento das relações da CALRE com o Parlamento Europeu, e demais instituições europeias, e sublinhou que a CALRE se distingue de outros organismos de cooperação regional na medida em que reúne 74 parlamentos regionais com poderes legislativos, cujas regiões apresentam semelhanças ou proximidade ao nível dos seus estatutos políticos.

Reiterando a relevância do papel das regiões, melhor conhecedoras dos seus territórios e das necessidades das suas populações, para a construção europeia, a Presidente da CALRE defendeu ainda a importância da comunicação direta entre os Parlamentos regionais e os respetivos Parlamentos nacionais, e reiterou a importância e o interesse da CALRE pela Task Force da Comissão Europeia sobre Subsidiariedade e Proporcionalidade.

Ana Luís manifestou, também, a preocupação da CALRE relativamente ao futuro da Política de Coesão, defendendo que, no âmbito da preparação do Orçamento da UE para o pós 2020, não é aceitável a redução do peso orçamental da Política de Coesão, sendo esta essencial para o desenvolvimento harmonioso da União Europeia.

Amanhã, Ana Luís preside à primeira reunião da Comissão Permanente da CALRE, cuja ordem do dia incidirá no Plano de Atividades da Conferência e dos respetivos Grupos de Trabalho para 2018 e na Reflexão sobre o futuro da CALRE. Esta reunião contará, ainda, com a presença do Secretário-Geral do Comité das Regiões Europeu, Jiří Buriánek, que fará uma intervenção sobre a Task Force da Comissão Europeia sobre Subsidiariedade e Proporcionalidade.

Estrasburgo, 14 de março de 2018